A magia dos Esteróides

Publicado: outubro 28, 2010 em Caminhos da nutrição, Siga os caminhos

Estava lendo um artigo muito interessante que falava sobre os esteróides anabolizantes, e o que me chamou a atenção foram os  efeitos  benéficos que eles causam em nosso organismo  se tomados da forma correta.

Este post tem o intuito de informar e não induzir nem recomendar o uso de nenhum esteróide, lembrando que informações são dispostas, e cabe a você ter o consentimento e aplicar isso a sua vida de forma que você não se arrependa posteriormente. O mundo do culturismo é algo muito interativo, de forma que nada adianta ter um conhecimento aprofundado sobre esse assunto, mas treinar e se alimentar inadequadamente.

O uso destes esteróides, hoje é algo indiscriminado, tanto em academias onde os atletas fazem as próprias aplicações nos vestiários, como nos esportes diversos onde para melhorar tempos e marcas, atletas profissionais se submetem a o uso destes esteróides sem medir os efeitos que eles podem trazer a  longo ou curto prazo a suas vidas.

Não podemos dizer também que estes esteróides são de todo mal, assim como qualquer coisa ou no caso  como qualquer medicamento tomado de forma incorreta e sem medidas pode trazer consequências sérias a sua vida, podendo levar o indivíduo até mesmo a falência.

Assim como qualquer outra droga, os esteróides devem ser prescritos por um médico especialista, que também deve encarregar-se de monitorar os efeitos colaterais, reajustar a dose, trocar o esteróide ou finalizar o ciclo caso necessário. Mas todos sabemos que qualquer um consegue comprar estas drogas indiscriminadamente sem prescrição médica, apesar de ser proibida por lei a venda.

Bom vamos ao que interessa,  O QUE SÃO ESTERÓIDES?

São hormônios  responsáveis pela harmonia das funções vitais do organismo. São produzidos geralmente em laboratórios, por isso são muitas vezes sintéticos, e imitam os efeitos anabólicos da testosterona, tendo a propriedade de ativar o metabolismo protéico, retendo o nitrogênio e aumentando a atividade do RNA. Além dos esteróides temos alguns outros hormônios como à insulina, glucagon, os hormônios da tireóide entre outros.

Existem três categorias para se classificar os esteróides:

1)Estrógenos: São os hormônios femininos produzidos pelo ovário e encarregados de produzir os caracteres sexuais femininos e ser responsável por todo ciclo menstrual.

2)Andrógenos: São os hormônios masculinos, produzidos principalmente pelos testículos e responsáveis pela produção das características sexuais masculinas, tais como massa muscular, força, barba, engrossamento da voz, velocidade de recuperação muscular, nível de gordura corporal, entre outros.

O estrógeno é predominante na mulher, embora o homem também produza este hormônio em poucas quantidades, assim também acontece com a testosterona que pode ser produzida pela mulher em quantidades menores.

3)Cortisona: É um hormônio produzido por ambos os sexos e tem efeitos analgésicos, antiflamatórios e imunossupressora.

Os esteróides anabólicos são um subgrupo dos andrógenos. Existe uma classe muito grande destes esteróides, cada um com uma função diferentes, com resultados variados, mas muitos têm a intenção de toma- los auxiliados com o treinamento para aumentarem a força, a resistência, o aumento da hipertrofia muscular e outros efeitos para melhora de resultado. Mas o que muitos esquecem são os efeitos reversos, que se desenvolvem a longo ou em curto prazo, mas que não podem deixar de ser levados em conta.

MECANISMO DE FUNCIONAMENTO DOS ESTERÓIDES:

Esclarecer de uma forma simples e que facilite a compreensão é nosso objetivo, o mecanismo de funcionamento destes esteróides é algo gigantesco, iremos salientar aquilo mais relevante e útil para vocês.
Existem duas formas de serem administradas estes esteróides. A forma oral e a injetável, a oral irá passar pelo estômago, intestino e fígado para depois ser jogada na corrente sanguínea e começar sua ação, já a injetável como é administrada direto na corrente sanguínea não precisa passar por muitos processos para começar a agir. As moléculas viajam pela corrente sanguínea como mensageiros procurando um local específico para entregar sua mensagem, estes receptores são chamados de citos receptores.

A capacidade destas células de receber diversos tipos de esteróides é denominado afinidade.Cada pessoa tem uma afinidade maior ou menor, ou seja tem mais citos receptores que outras e o que torna a diferença de resultado entre elas.NÃO EXISTE AINDA UM ESTERÓIDE PERFEITO, TOTALMENTE LIVRE, ALTAMENTE ANABÓLICO, NÃO ANDROGÊNICO E COM ALTA AFINIDADE.

Efeitos desejáveis ( anabólicos) que os esteróides podem desenvolver:

Aumento de força de contratibilidade da célula muscular, ajudando a repor a moeda energética ATP ( ler post treine como gente grande)

-Balanço nitrogenado positivo, aumenta força,  volume muscular e auxilia no transporte das proteínas para o músculo.

-Captação de aminoácidos, hormônios como a insulina, GH e testosterona favorece a síntese de aminoácidos melhorando o aumento da massa muscular, definição e tônus.

-Bloqueio do cortisol, este hormônio tem efeito CATABÓLICO ( degradam o músculo em vez de desenvolve-los) liberado por estresse emocional e também após treinamento árduo.Este hormônio pode suprimir a produção natural de testosterona do organismo já que estes são antagonistas e travam uma batalha para decidir se o músculo irá crescer ou definhar-se.O cortisol também torna o organismo mais susceptível a gripes e resfriados por suprimir mecanismos imunitários. Sugere-se que os esteróides anabólicos em grande parte favorecem o crescimento muscular devido a seu efeito na atividade do cortisol no corpo humano.

Vou fechando este post aqui, pois esta muito extenso e são muitas informações importantes dispostas, no próximo post o assunto abordado será os efeitos colaterais destes anabólicos, quais os tipos existente  e um dicionário dos mais conhecidos.
Espero que tenham gostado, e reforçando caso haja alguma dúvida ou sugestão por favor  mandem elas  por aqui ou pelo nosso twitter @MapadaNutricao, obrigado.

Equipe Mapa da Nutrição
Dedicar- se a fazer algo, toma-se tempo, mas os resultados que se tem com isso são muito satisfatórios.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s