O que o álcool faz com seu corpo

Publicado: março 15, 2011 em Caminhos dos treinamentos, Curiosidades

Não adianta todos pensamos assim! Principalmente jovens que têm toda disposição do mundo, e pensam que podem abraçar o mundo. Conciliar musculação e dieta, com balada, bebedeira e noites mal dormidas é perca de tempo.

O sucesso para o desenvolvimento muscular e para a saúde do seu corpo implica principalmente no descanso do seu corpo, uma dieta balanceada, um treinamento intenso e uma suplementação adequada. A bebida é vilã e contradiz todo esse processo, o álcool é uma droga ‘’socialmente aceita’’ e por diversas vezes até incentivada.

A ingestão de álcool desgasta o organismo e compromete outras atividades como trabalhar, estudar e treinar. O processo de absorção do álcool é rápido ( 90%) em uma hora, porém sua eliminação demora de seis a oito horas e é feita através do fígado (90%) da respiração (8%) e da transpiração (2%).

Vamos mostrar alguns pontos que o álcool pode prejudicar no seu desenvolvimento:

 

 

Álcool x definição muscular

Atletas e praticantes de atividades físicas ao entrarem em um plano para ganho de definição e perda de gordura, além do treinamento adequado, a dieta é muito restrita e regulada principalmente em quantas calorias irão ingerir e quais as fontes dessas calorias. Pode se dizer que 1 copo de cerveja pode prejudicar estragando sua dieta por completo veja:

1 grama de proteína oferece = 4 calorias

1 grama de carboidrato oferece =  4 calorias

1 grama de álcool = 7 calorias

1 grama de gordura/lipídio = 9 calorias

 

 

Perceba que o álcool só perde em calorias pra as gorduras, não adianta muito ter uma dieta com baixa ingestão de gorduras, se o álcool ainda permanecer nela. Em 350ml de cerveja têm 147 calorias, imagine que você tome 3 latinhas de cerveja de 350ml você já vai estar ingerindo 441 calorias inúteis que só irão prejudicar seu desenvolvimento.

 

Álcool x ganho de massa muscular

Um dos maiores vilões para o desenvolvimento de massa muscular é o álcool. Além de prejudicar como já foi dito o sono que é a hora sagrada para recuperação do músculo e seu crescimento, o álcool faz com que o consumo de alimentos saudáveis e em horários regrados seja falho, e também faz com que alguns nutrientes não sejam absorvidos ou minimizados.

Observe mais detalhadamente os prejuízos:

 

– Diminui a taxa de açúcar no sangue;

– Diminui os níveis de testosterona

– Atrapalha a capacidade do organismo em absorver nutrientes;

– Causa desidratação do corpo

– Causa deficiência de vitaminas do complexo B ( b1, b2, b6, b12 ) e vitamina C.

– Eleva os níveis de cortisol (hormônio do catabolismo)

O álcool prejudica o organismo, que fica deficiente de vitaminas, sais minerais e proteínas. Ele é rapidamente absorvido pelo corpo e acaba “perturbando o seu metabolismo e a capacidade do seu organismo em restabelecer a glicemia (presença de açúcar no sangue).”

Mesmo bem alimentado, o organismo não consegue absorver bem os componentes dos alimentos, através do intestino delgado — principalmente as vitaminas B1, B6, B3 e o ácido fólico. Isso faz com que a pessoa tenha falta de apetite, e essa deficiência alimentar provoca reações danosas, causadas também pela queda acentuada de potássio, magnésio, cálcio, zinco e fósforo. Estudos recentes também comprovam que o álcool diminuiria os níveis de testosterona do corpo.

Uma das grandes vilãs neste aspecto é a bebida alcoólica. Teses e estudos recentes comprovam que o álcool é hiper-estrogênico, ou seja, nas mulheres, faz seu fígado produzir muito hormônio feminino (estradiol/estrona), e nos homens, esse efeito silencioso é refletido na inibição dos receptores da testosterona no tecido muscular e hipotálamo. Neste último os danos são ainda mais graves, eles malham e a fibra somente fica “inchada”, a força não vem, a fadiga e a agressividade aumentam, libido e ereção diminuem cada vez mais.

Esse inconveniente é ocasionado quando a testosterona é metabolizada no fígado, o álcool desvia sua metabolização para estradiol (hormônio feminino) e agrava-se com uso abusivo de suplementos alimentares. Estes sobrecarregam fígado e rins formando uréia e amônia, a primeira lesa o fígado e a segunda altera o metabolismo cerebral, com irritabilidade, agressividade, psiquismo agravado com o uso concomitante de anabolizantes esteróides. Existem ainda aqueles que vão mais além com uso de Insulina + Hormônio do Crescimento, agravam a lesão renal, podendo ocorrer diabetes tipo dois e câncer de pâncreas e fígado.

Fique atento a qual obejtivo você quer realmente para sua vida, não perca tempo fazendo algo que anula ou minimiza o resultado da outra, traga resultados, foque aquilo que você quer pra você. A formula para o sucesso é você sempre seguir em frente, e superar seus obstáculos.

 

Equipe Mapa da Nutrição, sua orientação para um mundo novo.

 

Não adianta todos pensamos assim! Principalmente jovens que têm toda disposição do mundo, e pensam que podem abraçar o mundo. Conciliar musculação e dieta, com balada, bebedeira e noites mal dormidas é perca de tempo.

O sucesso para o desenvolvimento muscular e para a saúde do seu corpo implica principalmente no descanso do seu corpo, uma dieta balanceada, um treinamento intenso e uma suplementação adequada. A bebida é vilã e contradiz todo esse processo, o álcool é uma droga ‘’socialmente aceita’’ e por diversas vezes até incentivada.

A ingestão de álcool desgasta o organismo e compromete outras atividades como trabalhar, estudar e treinar. O processo de absorção do álcool é rápido ( 90%) em uma hora, porém sua eliminação demora de seis a oito horas e é feita através do fígado (90%) da respiração (8%) e da transpiração (2%).

Vamos mostrar alguns pontos que o álcool pode prejudicar no seu desenvolvimento:

 

Álcool x definição muscular

 

Atletas e praticantes de atividades físicas ao entrarem em um plano para ganho de definição e perda de gordura, além do treinamento adequado, a dieta é muito restrita e regulada principalmente em quantas calorias irão ingerir e quais as fontes dessas calorias. Pode se dizer que 1 copo de cerveja pode prejudicar estragando sua dieta por completo veja:

 

1 grama de proteína oferece = 4 calorias

1 grama de carboidrato oferece = 4 calorias

1 grama de álcool = 7 calorias

1 grama de gordura/lipídio = 9 calorias

 

Perceba que o álcool sé perde em calorias pras gorduras, não adianta muito ter uma dieta com baixa ingestão de gorduras, se o álcool ainda permanecer nela. Em 350ml de cerveja têm 147 calorias, imagine que você tome 3 latinhas de cerveja de 350ml você já vai estar ingerindo 441 calorias inúteis que só irão prejudicar seu desenvolvimento.

 

Álcool x ganho de massa muscular

 

 

Um dos maiores vilões para o desenvolvimento de massa muscular é o álcool. Além de prejudicar como já foi dito o sono que é a hora sagrada para recuperação do músculo e seu crescimento, o álcool faz com que o consumo de alimentos saudáveis e em horários regrados seja falho, e também faz com que alguns nutrientes não sejam absorvidos ou minimizados.Observe mais detalhadamente os prejuízos:

 

– Diminui a taxa de açúcar no sangue;

– Diminui os níveis de testosterona

– Atrapalha a capacidade do organismo em absorver nutrientes;

– Causa desidratação do corpo

– Causa deficiência de vitaminas do complexo B ( b1, b2, b6, b12 ) e vitamina C.

– Eleva os níveis de cortisol (hormônio do catabolismo)

O álcool prejudica o organismo, que fica deficiente de vitaminas, sais minerais e proteínas. Ele é rapidamente absorvido pelo corpo e acaba “perturbando o seu metabolismo e a capacidade do seu organismo em restabelecer a glicemia (presença de açúcar no sangue).”

 

Mesmo bem alimentado, o organismo não consegue absorver bem os componentes dos alimentos, através do intestino delgado — principalmente as vitaminas B1, B6, B3 e o ácido fólico. Isso faz com que a pessoa tenha falta de apetite, e essa deficiência alimentar provoca reações danosas, causadas também pela queda acentuada de potássio, magnésio, cálcio, zinco e fósforo. Estudos recentes também comprovam que o álcool diminuiria os níveis de testosterona do corpo.

Uma das grandes vilãs neste aspecto é a bebida alcoólica. Teses e estudos recentes comprovam que o álcool é hiper-estrogênico, ou seja, nas mulheres, faz seu fígado produzir muito hormônio feminino (estradiol/estrona), e nos homens, esse efeito silencioso é refletido na inibição dos receptores da testosterona no tecido muscular e hipotálamo. Neste último os danos são ainda mais graves, eles malham e a fibra somente fica “inchada”, a força não vem, a fadiga e a agressividade aumentam, libido e ereção diminuem cada vez mais.

Esse inconveniente é ocasionado quando a testosterona é metabolizada no fígado, o álcool desvia sua metabolização para estradiol (hormônio feminino) e agrava-se com uso abusivo de suplementos alimentares. Estes sobrecarregam fígado e rins formando uréia e amônia, a primeira lesa o fígado e a segunda altera o metabolismo cerebral, com irritabilidade, agressividade, psiquismo agravado com o uso concomitante de anabolizantes esteróides. Existem ainda aqueles que vão mais além com uso de Insulina + Hormônio do Crescimento, agravam a lesão renal, podendo ocorrer diabetes tipo dois e câncer de pâncreas e fígado.

Fique atento a qual obejtivo você quer realmente para sua vida, não perca tempo fazendo algo que anula ou minimiza o resultado da outra, traga resultados, foque aquilo que você quer pra você. A formula para o sucesso é você sempre seguir em frente, e superar seus obstáculos.

Não adianta todos pensamos assim! Principalmente jovens que têm toda disposição do mundo, e pensam que podem abraçar o mundo. Conciliar musculação e dieta, com balada, bebedeira e noites mal dormidas é perca de tempo.

O sucesso para o desenvolvimento muscular e para a saúde do seu corpo implica principalmente no descanso do seu corpo, uma dieta balanceada, um treinamento intenso e uma suplementação adequada. A bebida é vilã e contradiz todo esse processo, o álcool é uma droga ‘’socialmente aceita’’ e por diversas vezes até incentivada.

A ingestão de álcool desgasta o organismo e compromete outras atividades como trabalhar, estudar e treinar. O processo de absorção do álcool é rápido ( 90%) em uma hora, porém sua eliminação demora de seis a oito horas e é feita através do fígado (90%) da respiração (8%) e da transpiração (2%).

Vamos mostrar alguns pontos que o álcool pode prejudicar no seu desenvolvimento:

 

Álcool x definição muscular

 

Atletas e praticantes de atividades físicas ao entrarem em um plano para ganho de definição e perda de gordura, além do treinamento adequado, a dieta é muito restrita e regulada principalmente em quantas calorias irão ingerir e quais as fontes dessas calorias. Pode se dizer que 1 copo de cerveja pode prejudicar estragando sua dieta por completo veja:

 

1 grama de proteína oferece = 4 calorias

1 grama de carboidrato oferece = 4 calorias

1 grama de álcool = 7 calorias

1 grama de gordura/lipídio = 9 calorias

 

Perceba que o álcool sé perde em calorias pras gorduras, não adianta muito ter uma dieta com baixa ingestão de gorduras, se o álcool ainda permanecer nela. Em 350ml de cerveja têm 147 calorias, imagine que você tome 3 latinhas de cerveja de 350ml você já vai estar ingerindo 441 calorias inúteis que só irão prejudicar seu desenvolvimento.

 

Álcool x ganho de massa muscular

 

 

Um dos maiores vilões para o desenvolvimento de massa muscular é o álcool. Além de prejudicar como já foi dito o sono que é a hora sagrada para recuperação do músculo e seu crescimento, o álcool faz com que o consumo de alimentos saudáveis e em horários regrados seja falho, e também faz com que alguns nutrientes não sejam absorvidos ou minimizados.Observe mais detalhadamente os prejuízos:

 

– Diminui a taxa de açúcar no sangue;

– Diminui os níveis de testosterona

– Atrapalha a capacidade do organismo em absorver nutrientes;

– Causa desidratação do corpo

– Causa deficiência de vitaminas do complexo B ( b1, b2, b6, b12 ) e vitamina C.

– Eleva os níveis de cortisol (hormônio do catabolismo)

O álcool prejudica o organismo, que fica deficiente de vitaminas, sais minerais e proteínas. Ele é rapidamente absorvido pelo corpo e acaba “perturbando o seu metabolismo e a capacidade do seu organismo em restabelecer a glicemia (presença de açúcar no sangue).”

 

Mesmo bem alimentado, o organismo não consegue absorver bem os componentes dos alimentos, através do intestino delgado — principalmente as vitaminas B1, B6, B3 e o ácido fólico. Isso faz com que a pessoa tenha falta de apetite, e essa deficiência alimentar provoca reações danosas, causadas também pela queda acentuada de potássio, magnésio, cálcio, zinco e fósforo. Estudos recentes também comprovam que o álcool diminuiria os níveis de testosterona do corpo.

 

Uma das grandes vilãs neste aspecto é a bebida alcoólica. Teses e estudos recentes comprovam que o álcool é hiper-estrogênico, ou seja, nas mulheres, faz seu fígado produzir muito hormônio feminino (estradiol/estrona), e nos homens, esse efeito silencioso é refletido na inibição dos receptores da testosterona no tecido muscular e hipotálamo. Neste último os danos são ainda mais graves, eles malham e a fibra somente fica “inchada”, a força não vem, a fadiga e a agressividade aumentam, libido e ereção diminuem cada vez mais.

Esse inconveniente é ocasionado quando a testosterona é metabolizada no fígado, o álcool desvia sua metabolização para estradiol (hormônio feminino) e agrava-se com uso abusivo de suplementos alimentares. Estes sobrecarregam fígado e rins formando uréia e amônia, a primeira lesa o fígado e a segunda altera o metabolismo cerebral, com irritabilidade, agressividade, psiquismo agravado com o uso concomitante de anabolizantes esteróides. Existem ainda aqueles que vão mais além com uso de Insulina + Hormônio do Crescimento, agravam a lesão renal, podendo ocorrer diabetes tipo dois e câncer de pâncreas e fígado.

Fique atento a qual obejtivo você quer realmente para sua vida, não perca tempo fazendo algo que anula ou minimiza o resultado da outra, traga resultados, foque aquilo que você quer pra você. A formula para o sucesso é você sempre seguir em frente, e superar seus obstáculos.

 

Equipe Mapa da Nutrição, sua orientação para um mundo novo.

 

Equipe Mapa da Nutrição, sua orientação para um mundo novo.

Não adianta todos pensamos assim! Principalmente jovens que têm toda disposição do mundo, e pensam que podem abraçar o mundo. Conciliar musculação e dieta, com balada, bebedeira e noites mal dormidas é perca de tempo.

O sucesso para o desenvolvimento muscular e para a saúde do seu corpo implica principalmente no descanso do seu corpo, uma dieta balanceada, um treinamento intenso e uma suplementação adequada. A bebida é vilã e contradiz todo esse processo, o álcool é uma droga ‘’socialmente aceita’’ e por diversas vezes até incentivada.

A ingestão de álcool desgasta o organismo e compromete outras atividades como trabalhar, estudar e treinar. O processo de absorção do álcool é rápido ( 90%) em uma hora, porém sua eliminação demora de seis a oito horas e é feita através do fígado (90%) da respiração (8%) e da transpiração (2%).

Vamos mostrar alguns pontos que o álcool pode prejudicar no seu desenvolvimento:

 

Álcool x definição muscular

 

Atletas e praticantes de atividades físicas ao entrarem em um plano para ganho de definição e perda de gordura, além do treinamento adequado, a dieta é muito restrita e regulada principalmente em quantas calorias irão ingerir e quais as fontes dessas calorias. Pode se dizer que 1 copo de cerveja pode prejudicar estragando sua dieta por completo veja:

 

1 grama de proteína oferece = 4 calorias

1 grama de carboidrato oferece = 4 calorias

1 grama de álcool = 7 calorias

1 grama de gordura/lipídio = 9 calorias

 

Perceba que o álcool sé perde em calorias pras gorduras, não adianta muito ter uma dieta com baixa ingestão de gorduras, se o álcool ainda permanecer nela. Em 350ml de cerveja têm 147 calorias, imagine que você tome 3 latinhas de cerveja de 350ml você já vai estar ingerindo 441 calorias inúteis que só irão prejudicar seu desenvolvimento.

 

Álcool x ganho de massa muscular

 

 

Um dos maiores vilões para o desenvolvimento de massa muscular é o álcool. Além de prejudicar como já foi dito o sono que é a hora sagrada para recuperação do músculo e seu crescimento, o álcool faz com que o consumo de alimentos saudáveis e em horários regrados seja falho, e também faz com que alguns nutrientes não sejam absorvidos ou minimizados.Observe mais detalhadamente os prejuízos:

 

– Diminui a taxa de açúcar no sangue;

– Diminui os níveis de testosterona

– Atrapalha a capacidade do organismo em absorver nutrientes;

– Causa desidratação do corpo

– Causa deficiência de vitaminas do complexo B ( b1, b2, b6, b12 ) e vitamina C.

– Eleva os níveis de cortisol (hormônio do catabolismo)

O álcool prejudica o organismo, que fica deficiente de vitaminas, sais minerais e proteínas. Ele é rapidamente absorvido pelo corpo e acaba “perturbando o seu metabolismo e a capacidade do seu organismo em restabelecer a glicemia (presença de açúcar no sangue).”

 

Mesmo bem alimentado, o organismo não consegue absorver bem os componentes dos alimentos, através do intestino delgado — principalmente as vitaminas B1, B6, B3 e o ácido fólico. Isso faz com que a pessoa tenha falta de apetite, e essa deficiência alimentar provoca reações danosas, causadas também pela queda acentuada de potássio, magnésio, cálcio, zinco e fósforo. Estudos recentes também comprovam que o álcool diminuiria os níveis de testosterona do corpo.

Uma das grandes vilãs neste aspecto é a bebida alcoólica. Teses e estudos recentes comprovam que o álcool é hiper-estrogênico, ou seja, nas mulheres, faz seu fígado produzir muito hormônio feminino (estradiol/estrona), e nos homens, esse efeito silencioso é refletido na inibição dos receptores da testosterona no tecido muscular e hipotálamo. Neste último os danos são ainda mais graves, eles malham e a fibra somente fica “inchada”, a força não vem, a fadiga e a agressividade aumentam, libido e ereção diminuem cada vez mais.

Esse inconveniente é ocasionado quando a testosterona é metabolizada no fígado, o álcool desvia sua metabolização para estradiol (hormônio feminino) e agrava-se com uso abusivo de suplementos alimentares. Estes sobrecarregam fígado e rins formando uréia e amônia, a primeira lesa o fígado e a segunda altera o metabolismo cerebral, com irritabilidade, agressividade, psiquismo agravado com o uso concomitante de anabolizantes esteróides. Existem ainda aqueles que vão mais além com uso de Insulina + Hormônio do Crescimento, agravam a lesão renal, podendo ocorrer diabetes tipo dois e câncer de pâncreas e fígado.

Fique atento a qual obejtivo você quer realmente para sua vida, não perca tempo fazendo algo que anula ou minimiza o resultado da outra, traga resultados, foque aquilo que você quer pra você. A formula para o sucesso é você sempre seguir em frente, e superar seus obstáculos.

 

Equipe Mapa da Nutrição, sua orientação para um mundo novo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s